sexta-feira, 8 de janeiro de 2010



Excesso de informação não é prejudicial à saúde
Mas não deixa de ter efeitos colaterais.

Um comentário:

Ana disse...

É. Isso é fato.

:)